4 Mitos Sobre os Naturopatas

Apesar das áreas ligadas à medicina natural ou a qualquer uma das designadas terapêuticas não convencionais serem cada vez mais procuradas no nosso país à semelhança de outros países da Europa a verdade é que existem alguns mitos que perduram na mente de alguns portugueses.
Por isso, resolvemos dedicar este artigo a desmistificar algumas ideias erradas sobre a Naturopatia e o seu exercício à luz dos dias de hoje, para que possa estar mais esclarecido ao fazer a escolha de procurar um Naturopata:

– O Naturopata é aquele que manda tomar ”chazinhos”?
Está é aquela pergunta que recebemos tantas vezes com um sorriso! SIM, um Naturopata estudou plantas medicinais e SIM, pode prescrever infusões terapêuticas específicas (não aquelas saquetas bonitas e cheias de cores) para ajudar eficazmente em alguns aspectos. Mas NÃO, ele Não se limita a isto. O Naturopata prescreve dentro de um gama ampla de soluções que vão desde vitaminas, oligoelementos, plantas, homeopatia, florais, etc;

– Se for a um Naturopata não posso tomar Fármacos?
Errado. Um Naturopata pode e deve conciliar a sua prática e aconselhamento terapêutico com as suas indicações médicas, fazendo sempre o levantamento das informações sobre todos os fármacos que toma na sua rotina diária. Acompanhamos vários pacientes que possuem condições de saúde que não podem prescindir da toma de fármacos químicos. O nosso trabalho é complementar e ajudar nos aspetos à qual podemos dar uma resposta positiva. Ou seja, o Naturopata não faz nenhum tipo de prescrição que vá provocar algum tipo de interação prejudicial com a sua medicação;

– Naturopatia é um curso de 6 meses?
Em Portugal, a homologação da formação de Naturopatia ao Ensino Superior ainda se encontra em processo. No entanto, existem escolas com cursos de Naturopatia cuja duração é de 4 anos mais estágio obrigatório, como foi no nosso caso. A ACSS ( Organismo ligado ao SNS) é a entidade responsável pela avaliação da formação destes profissionais e atribuição de cédulas de Naturopatia. Como em qualquer actividade profissional, existe sempre a necessidade de continuar a evoluir, a estudar e aprender mais;

– O Naturopata nunca deve ter problemas de saúde.
Os terapeutas possuem um corpo físico, mental, emocional e espiritual (se assim quiser considerar). Apesar de terem acesso a boa informação para poderem cuidar bem da sua saúde, os naturopatas não são exceção e também podem ter algum problema de saúde em algum momento da sua vida, tal como qualquer outra pessoa.

Como em qualquer área, há profisionais bons e menos bons. Na Wholism focamo-nos em fazer-lhe chegar boa informação sobre o trabalho que tanto nós, como centenas de bons profissionais da área se esforçam por fazer.